terça-feira, 7 de julho de 2009

Sociedade do Espetáculo?

Pensei que já tivesse visto de tudo. Das mais variadas e insanas manifestações de amor a um ídolo. Showmícios, shows para celebrar o nascimento de algo ou alguém, shows para comemorar títulos e vitórias. Até shows para festejar o fim de uma carreira. Mas, nunca um show-funeral.

Nunca vi pessoas com um sorriso na boca e um ingresso na mão - a distribuição e venda, por si só, já é um absurdo - para assistir ao funeral de quem quer que seja. Pessoas felizes em um momento de pesar e dor, como se estivessem indo assistir a um espetáculo.

Por mais genial que fosse, por mais importante que tenha sido para a música pop mundial, Michael Jackson, depois de uma vida tão atribulada e cheia de traumas, merecia um pouco de paz em seu enterro. Todas as homenagens que vierem depois serão bem vindas.

Parece que chegamos ao cúmulo da “Sociedade do Espetáculo”, a mesma que fez do Rei do Pop um ícone e uma vítima. Afinal, que tempos são estes?

3 comentários:

Letycia Holanda disse...

Oi, João.
Estava pensando nisso...Que ponto chegamos? Ingressos para funerais...
Essas e outras atitudes que fazem um véu de fumaça, sobre tudo o que está ocorrendo no planeta...
Sim, ele é o Rei do Pop, mas as pessoas se esqueceram que ele era um Ser Humano!
Otimo texto e observação!

Beijos!

Mi disse...

João, esse jornalismo está dentro de você. Apenas um único movimento de desviar o olhar e encontrar e beleza em cada ser humano. Apenas amando todas as pessoas e compreendendo sua realidade, é assim que iremos conseguir. Mas não desista, pois existem muitos, que também buscam paz.

Bjs

Paula disse...

Você tem muita sensibilidade para escrever mesmo! É difícil ver a mediocridade humana, com certeza!